Utilizamos cookies essenciais e tecnologias de acordo com a nossa Política de Privacidade e nossos Termos e Condições de Uso. Ao continuar navegando, você concorda com esta utilização.      

SUAS LETRAS - Letras de Músicas e Clipes para ouvir










  Hip Hop      Djonga      até sua alma (part. Tasha e Tracie)


              

Djonga - até sua alma (part. Tasha e Tracie)









[Léo Gordo]
Muito boa noite, 3 da manhã
Por aqui, Léo Gordo
Só pra te lembrar que toda honra é do moço lá de cima
E por que não dos orixás também?

É só pra quem nasceu
Só pra quem nasceu
E a dica do dia é (boa noite)
Dai a César o que é de César
Mas devolve o que é nosso
Dai a César o que é de César
E devolve o que é nosso

[Djonga]
Djonga e Tasha e Tracie no peão de madrugada
O boy fica puto e não aguenta quando me vê
Bolso cheio de peixe, fechamo outra balada
Com nós cê não vai, na minha Mercedes SUV

Gastando igual sheik no peão de madrugada
O boy fica puto e não aguenta quando me vê
Bolso cheio de peixe, fechamo outra balada
Com nós cê não vai, na minha Mercedes SUV

E pra quem já valeu trocado pra escravista branco
Tá bom receber uma milha pra postar um arroba
Rede social que eu gosto é o app do banco
E eu que atravessei a rua, lembrei qual povo que rouba
Sola do sapato nada gasta e isso me basta
No lugar das ferida no calcanhar
E se dizem contra o aborto, mas num é pela vida nada
Depois que tu nasce, querem te matar

E já sofremo pela falta, hoje pecamo pelo excesso
Tudo escasso, eu fui caçar diamante na lama
Meu jeito de vencer esse jogo foi a excelência
Já que a minha beleza excêntrica só vale na cama
Atrás de uma buceta branca, era questão ego
Uma tipo Ariana Grande, outra Lana Del Rey
Mas uma tipo Whitney Houston e outra igual Cris Vianna
Foi o que tive do meu lado quando eu precisei

Eu resgatei nossa camisa, resgatei meus mano
Eu resgatei o que é ser família, eu só fiz show insano
Empresa com nome Quadrilha, sigo soberano
Não é um prêmio que vai me dizer se eu sou o homem do ano
Uma fã se ajoelhou pra me saudar
Eu disse: Só se ajoelhe perante a Deus
Depois disso que ela não quis se levantar
Minha gente não tem referência, olha o que eu sou pros meus

O que te faz especial não é o sim que cê ouve
O que te faz especial é o não que cê fala
Diante daquela proposta que podia mudar tudo
Inclusive sua essência
Tu aceita essa mala?

Eu não aceitei
Minha senhora com as joias de sinhá
Seus bens na penhora, Ioiô burguesinha
Pra vencer não tem hora
Em Ladrão, falei, tá?
Que eu ia pegar o patrimônio do seu

Djonga e Tasha e Tracie no peão de madrugada
O boy fica puto e não aguenta quando me vê
Bolso cheio de peixe, fechamo outra balada
Com nós cê não vai, na minha Mercedes SUV

Gastando igual sheik no peão de madrugada
O boy fica puto e não aguenta quando me vê
Bolso cheio de peixe, fechamo outra balada
Com nós cê não vai, na minha Mercedes SUV

[Tasha]
Cresci pensando uma forma de sair da vida que armaram pra mim
Fazia as conta e não via saída
Pensava: Pra sempre não pode ser isso
Se pá, minha sina
Um ciclo, num vício
A música que eu senti mudou meu destino
Me distraiu da dor e do perigo
Não morri, fiquei forte mesmo sem alicerce
De casa em casa, os meus caiu na caça do malote
Hoje, de voo em voo, busco e deixo eles forte
Pelo Brasil é nós que tá, você goste ou não goste
Preto rico da leste e as preta rica da norte (zona leste, zona norte)
Fazendo nosso dinheiro sorrindo
Fudendo com a carreira daqueles playboy branquinho
Do nosso lado, esses herdeiro parecem falido
Se é que vocês têm alma, nós vai querer até isso, até isso
Ayy, ayy

[Djonga]
Djonga e Tasha e Tracie no peão de madrugada
O boy fica puto e não aguenta quando me vê
Bolso cheio de peixe, fechamo outra balada
Com nós cê não vai, na minha Mercedes SUV

Gastando igual sheik no peão de madrugada
O boy fica puto e não aguenta quando me vê
Bolso cheio de peixe, fechamo outra balada
Com nós cê não vai, na minha Mercedes SUV (ahn)

[Tracie]
Nós lembra bem de quem falou mal, julgou o flow
Hoje diz: Uau, sempre soube que era bom
Com nós cê não vai, então fala agora, com gosto
(Ahn) lembro de um ex que me falou que eu não ia ser nada
Lembro de várias noite pensando em conta, acordada
Lembro da mina que me chamo de pobre e zoava
Depois quis ser amiga e não arrumou nada
Saía com a casa na bolsa, dia todo na rua
Rezando pra que não chova, pegava o fim da disco
Entrava na multa, nas festa, a vida era dura, dura
Dias atrás, comia por cada dia de fome
Trampa comigo hoje quem me fortaleceu ontem (Ruff)
Tirei minha mãe da casa que chovia dentro

Barras: Chocolate, ouro ou rima
Tasha e Tracie, Djonga no auge da vida
Pele preta naturalmente brilha
E esse estouro não é pipoca, é pipoco
Tiro pra cima, dinheiro na conta
Festa no morro, estilo Adriano
Nós não gosta do que é dos outro, por isso nós cria, cria

[Mano Brown]
Lembrando que a dama mais glamourosa da noite é a própria noite
Tenha um bom dia




Compartilhe

Compartilhe no Facebook      Compartilhe no Whatsapp      Compartilhe no Twitter





Deixe seu Comentário:

           

Letras das Músicas

#

    
    
    
    
    



A


    
    
    
    
    
    
    





B


    
    
    
    



C


    
    
    
    
    
    



D


    
    
    
    
    
    
    





E


    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    





F


    
    
    



G


    
    
    
    



H


    
    
    
    





I


    



J


    





L


    
    
    
    
    
    



M


    
    
    
    
    
    
    





N