Utilizamos cookies essenciais e tecnologias de acordo com a nossa Política de Privacidade e nossos Termos e Condições de Uso. Ao continuar navegando, você concorda com esta utilização.      

SUAS LETRAS - Letras de Músicas e Clipes para ouvir










  Hip Hop      Djonga      bala fini


              

Djonga - bala fini









E aí, Coyote?
Só por amor
Só por amor
Só pura

Novos flows, novos planos
Anti-herói, novo Thanos
Mesmos pés, novos tênis
Outro bolso, mesmos manos
O conceito que colhemos
É o respeito que plantamos
Acredita, nós podemos
Olha a grana que contamos

Foi agindo em bloco que nem time
Focado em nunca perder o time
São vários sabor igual bala Fini
Se é doce ou amargo, tu que sabe
Ofereço luz, ela quer sabre
Se abre e pede: Gustavin, me morde
Querer, até o capeta quer
Fazer acontecer, só Deus que pode

Eles falam no som, eu realizo
Eles fala que são, eu realeza
Tô focado no pão, eu nunca briso
Por isso foi mais fácil encher a mesa
Nada disso é só meu, sempre divido
Acende a vela pra manter a chama acesa
Solado tratorado, eu não deslizo
Se sua gang tentar, não sai ilesa

Aonde ninguém pisa, nós que anda
Fé em Deus, na minha 9 e minha umbanda
Ô cuzão, não esquece quem que manda
Enquanto cê faz meme, ela me mama
Pras suas dúvida, eu sou a própria fé
Se preciso, ajo como um um ParaFAL
Não me escondo atrás dos meus soldados
Sei que quem puxa a tropa é o general

Oh, pensa nim nós (e aí, ó?)
Pondo os menor pra vestir Nike
Pra ter uns quilate
É, pro povo daqui sorrir

Oh, fala que é nós (e aí, ó?)
Fala que é nós
Vão dizer que tu é da fac, mas isso é fake
Só fiz o povo daqui sorrir

É, ganhei um por um, jogo, treino
Então me diz, fi, de quem é o trono
Zero grau na pista, eu não tremo
Essas rua ainda tem dono
Nós nem começou, essa é a demo
Quando tropeçou, levantamo
Mar inquieto, eu não largo o remo
Vocês faz, mas não são do ramo

Jogar muito pra acordar campeão
Não só dormir líder que nem Justin Bieber
Vamo estampar o livro de História, man
Não só uma edição da revista Billboard
Quando nós tá, os mano Black Panther
Quando nós vira as costa, saúdam Führer
Pior a cada ano, é tipo o PIB
Nós é o neguinho lá, tu é o Piquet
Coloco pra fora o que vem da alma
Alma inquieta, então causo vendaval
Faz barulho igual os plantão no plim plim
Simplezão que nem programa local
Libertário demais pros liberal
Na minha conta, eu já tenho um milharal
Mas só durmo se o irmão acordar
E não tiver mais mãe preta em funeral
Histórias tipo cordéis no varal
Que não são sobre provar que é viril
Meu lado frágil vai falar mais alto
Porque a vida me corta, é um esmeril
Foco no que vai me fazer imortal
Me distraem as curvas dos seus quadris
E que no dia do meu funeral
Só não teja de Porsche quem não quis

Oh, pensa nim nós (pensa nim nós)
Pondo os menor pra vestir Nike
Pra ter uns quilate
É, pro povo daqui sorrir

Oh, fala que é nós
Fala que é nós
Vão dizer que tu é da fac, mas isso é fake
Só fiz o povo daqui sorrir




Compartilhe

Compartilhe no Facebook      Compartilhe no Whatsapp      Compartilhe no Twitter





Deixe seu Comentário:

           

Letras das Músicas

#

    
    
    
    
    



A


    
    
    
    
    
    
    





B


    
    
    
    



C


    
    
    
    
    
    



D


    
    
    
    
    
    
    





E


    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    





F


    
    
    



G


    
    
    
    



H


    
    
    
    





I


    



J


    





L


    
    
    
    
    
    



M


    
    
    
    
    
    
    





N