Utilizamos cookies essenciais e tecnologias de acordo com a nossa Política de Privacidade e nossos Termos e Condições de Uso. Ao continuar navegando, você concorda com esta utilização.      

SUAS LETRAS - Letras de Músicas e Clipes para ouvir










  Gospel      Pregador Luo      O Amor Vence o Ódio


              

Pregador Luo - O Amor Vence o Ódio









Ahá
10 pras 7
7
Firmeza na rocha, firmeza na rocha
Na rocha
2003
Ê 2003
2003
7 Taças
Luo

Eu vou com fé, com fé em Deus, vou eu e os meus
Não deixo o mal me enganar (nana nana)
Se a vida tem um pódio, eu vou chegar lá
Primeiro lugar, primeiro lugar
Derrubando obstáculos pelo poder do amor
Cruzando as fronteiras que o ódio demarcou
Louvado seja o meu Senhor que com o poder do seu sopro
As barreiras todas derrubou

Nada sobrou, nada sobrou
No final desse livro está escrito que o amor triunfou
Que o amor triunfou

O amor vence o ódio
E isso pra mim já é mais que óbvio
O amor vence o ódio
E isso pra mim já é mais que óbvio

O inimigo quer matar você
Seus amigos onde estão agora, cadê?
Quem no mundo não tem medo de morrer
Quanta gente vive com ódio e sofre
O povo que desacreditou, desistiu
Um coração que não se comoveu, não se partiu
Do céu caiu, se apagou
O que era doce se amargou
O vírus que contaminou, minou esperanças
Gerou guerras
Espetou corações em ponta de lanças
Incitou crianças, mas tenha esperança
A Deus só pertence a vingança
Ao meu Deus pertence a vingança

O amor vence o ódio
E isso pra mim já é mais que óbvio
O amor vence o ódio
E isso pra mim já é mais que óbvio

Por que é assim?
Não era assim que tinha que ser
Sofro eu, sofre ela, sofre você
A dor não é nada agradável de se ter
Deus nos preparou algo bom e optamos pelo que era ruim
Nossa culpa nos perseguirá até o fim
Nossa consciência nos consumirá
Até quando durará a incerteza
De não sabermos se amanhã o Sol se erguerá
Quando mais precisarmos dela será que a chuva cairá?
Mas um dia certamente você cairá
E quem irá te amparar?
Quando você se afligir e gritar, quem te socorrerá?
Quando a morte chamar, quem vai querer estar lá
Seres mais evoluídos traíram e caíram
Seres menos evoluídos foram amados e cuspiram na promessa da vida melhor
Somos nós os tolos que sorriem para o pior
Vi balas atravessando corpos e fazendo-os voltar ao pó
Vejo gente inalando o pó, ficando só o pó
Tornados fazem órfãos e sopram casas como se fossem pó
E ninguém sente dó
É necessário a busca por algo que preste
Alguma vacina que anule a peste
É necessário se despojar desses trajes e usar outras vestes
Estamos prestes a sucumbir
Quem vai me trair já não mais me interessa
Na verdade eu tenho pressa de trocar a outra vida por essa
Vai chegar o dia em que a palavra branda não desviará o furor
Esse será o dia da justiça, segunda vinda do meu Senhor
Não faça aposta errada, pois nesse dia o ódio vai perder pro amor
Aham aham
O ódio já perdeu pro amor!

O amor vence o ódio
E isso pra mim já é mais que óbvio
O amor vence o ódio
E isso pra mim já é mais que óbvio

O amor vence o ódio
E isso já é mais que óbvio
O amor vence o ódio
E isso já é mais que óbvio

Luo
EvoLUOção leva a revoLUOção
2003
EvoLUOção leva a revoLUOção
Luo
EvoLUOção




Compartilhe

Compartilhe no Facebook      Compartilhe no Whatsapp      Compartilhe no Twitter





Deixe seu Comentário:

           

Letras das Músicas

#

    
    
    
    
    



A


    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    





B


    
    
    
    
    
    
    
    



C


    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    



D


    
    
    
    
    
    
    
    
    





E


    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    





F


    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    



G


    
    
    
    
    
    
    
    



H


    
    
    
    
    





I


    
    
    



J


    
    
    
    
    



K


    





L


    
    
    
    
    
    



M


    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    





N


    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    



O


    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    



P


    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    
    



Q


    
    
    
    
    





R


    
    
    
    
    
    
    
    
    





S